.:: Hotéis e Pousadas
 Ordem Alfabética
 Por Bairros e Distritos
 Por tarifas
 Locais para convenções
 .:: Pacotes
 Ferias de Julho 2017
 .:: Saúde & Beleza
 Beleza e Estética e Spa
 Hospitais e Clinicas
 .:: Imóveis
 Casa de Temporada
 Imobiliárias
 Vendas
 Pousada Venda
 .:: Gastronomia
 Delicatessen e Adegas
 Restaurantes e Pizzarias
 .:: O que fazer?
 Bares
 Lazer & Aventura
 Compras
 Galerias de Arte
 Vila Antiga
 .:: Turismo
 Ecoturismo
 Eventos
 Fotos
 Historia
 Turismo Cultural
 Turismo Histórico
 Videos
 .:: Serviços & Utilidades
 Como Chegar
 Mapa
 Taxi e Transfer
 Músicos & Shows
 Hotel para animais
 .:: FALE CONOSCO
 Contato
  .:: Serenata: origem e preservação

Serenata: origem e preservação

 

O renomado historiador José Ramos Tinhorão apresenta, logo no primeiro capítulo de seu livro Os Sons que Vêm da Rua uma definição sucinta porém clara do que é serenata e a sua origem: “O hábito de cantar à noite pelas ruas, geralmente com o propósito de fazer-se ouvir por amadas inacessíveis (...), constitui, desde o fim da Idade Média um recurso sentimental cultivado em altas vozes noturnas por todo o Ocidente.” Relata ainda que tais cantorias foram chamadas de “serenada” pelos espanhóis e “serenata” pelos portugueses. Logo, é fácil concluir que o hábito de se fazer serenatas nos chegou através da colonização. O primeiro registro literário de ocorrência dessa forma de manifestação musical  no Brasil, atesta Tinhorão, data de 1717, e foi feito pelo viajante francês M. de la Barbinais le Gentil. Consistindo numa manifestação de arte popular urbana, a serenata vai se expandir e viver seu apogeu na segunda metade do século XIX, como atesta Tinhorão ao concluir pela “existência de uma relação direta entre o processo de urbanização e o aparecimento dos artistas de rua, personificados no romântico cantor de serenatas.” Ele afirma ainda que, além dos dois mais antigos centros urbanos brasileiros (Salvador e Rio de Janeiro), outras cidades “que chegaram a alcançar relativa diversificação social no correr da segunda metade do século XIX conheceram também seus cantores de serenatas.” Mas esse mesmo desenvolvimento urbano que propiciou a expansão da tradição popular da serenata, ao acelerar-se, após o fim da Primeira Guerra Mundial, acabou por expulsar ou desestimular a permanência dos seresteiros nas ruas. Ao explicar os motivos do desaparecimento das serenatas, Tinhorão oferece dicas indispensáveis para aqueles que desejarem resgatar ou preservar essa tradição popular, como é o caso de Conservatória:

(i) O “cantor de serenatas” passou a sofrer a “concorrência dos cantores de rádio”. Aqui o pesquisador, identifica o surgimento da profissão de cantor, ou seja, a motivação financeira passa a competir com a motivação romântica daqueles que “faziam da serenata, calculadamente, uma fonte espiritual para o amor”;


(ii) A ausência de ambiente propício à realização de serenatas ao registrar que “quando (...) as ruas (...) perderam a quietude decantada pelos poetas (...), o cantor de serenatas (...) desapareceu.”
Os Irmãos Freitas, na liderança do movimento de preservação das serenatas, tendo nas obras de Tinhorão, sua principal referência histórica, atentaram para esses dois aspectos e estabeleceram fundamentos para realização de seu trabalho, objetivando evitar que esse desaparecimento se repetisse em Conservatória:(i) Realização das serenatas por músicos amadores, de forma voluntária e idealista, onde os participantes não almejassem recompensas materiais ou promocionais;(ii) Fazer do centro urbano o único cenário para suas serenatas, valorizando-o e às suas características históricas. Uma indicação sutil para moradores, empreendedores e poder público sobre a importância de se preservar as características arquitetônicas e ambientais na perpetuação dessa tradição musical.Tinhorão e os Irmãos Freitas deixam, assim, importantes lições para as atuais e futuras lideranças artísticas, econômicas e políticas de nossa comunidade, para garantir a continuidade da tradição das Serenatas em Conservatória.

 .:: Publicidade

 .:: Apoio


Hotéis, Pousadas e Hoteis fazenda em Conservatoria por ordem alfabética
Hotéis, Pousadas e Hoteis fazenda em Conservatoria por Bairros
Hotéis, Pousadas e Hoteis fazenda em Conservatoria por tarifas
Hotel e Pousada para convençõesHotel e Pousada pacotes
Concervatória Com Br • O melhor conteúdo Conservatoria mg

© 2004-2008 Todos os direitos reservados • Desenvolvido por EComputer